quinta-feira, 28 de abril de 2011

ÀS MARGENS DO RIO QUEBAR



“E aconteceu que estando eu no meio dos cativos, junto ao Rio Quebar, se abriram os céus, e eu tive visões de Deus” Ez 1:1.

Onde estava Ezequiel nessa hora? Estava em meio aos cativos, entre sofrimento, choro e falta de esperança, mas, às margens do Quebar, ousou olhar para o céu e viver as visões de Deus. Ezequiel não deveria se entregar àquelas circunstâncias de derrota, desgraça, mas buscar força e conforto no Senhor: “Filho do homem, te põe de pé” Ez 2:1.  Deus estava dizendo: “Sei que és carne, homem, filho de homem, mas vence Ezequiel, te põe de pé e falarei contigo. Vence Ezequiel, não se abate, olha além, de tudo que te rodeia, vive as visões que te mostrarei.” O Rio Quebar foi um canal de irrigação da antiga Mesopotâmia, situado a uma pequena distância do Eufrates. Um lugar terreno, real, mas também pode ser comparado a um lugar espiritual: dias difíceis, de dor, pranto, fazendo desfalecer sonhos, ou mesmo a fé. Às margens do Quebar ouse olhar para o alto e ter visões de Deus, tal qual Ezequiel. Porque Deus está elevado, acima de tudo e todos e Sua vontade é nos fazer vencer. Este livro é um convite: “Enxugue as lágrimas às margens do Rio Quebar”.

2 comentários:

  1. Graça e paz irmã!

    Obrigada por divulgar o livro! Inscrevi seu blog lá na promoção da UBE.

    Deus a abençoe,

    Com amor: Wilma Rejane.

    ResponderExcluir
  2. Oi Wilma , Deus abençoe este ministério tão rico q vc tem....q na vdd é do Senhor, só doida pra ler este livro mas tá sempre esgotado....

    ResponderExcluir

O QUEEEEEEE? VAI SAIR SEM COMENTAR?!!!!
aqui você tem liberdade de expressão.
FAÇA UMA BLOGUEIRA FELIZ...
COMENTA VAI!!!

Follow by Email

SELINHO QUE GANHEI. OBG.



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...